Páginas

terça-feira, 23 de junho de 2015

O Crente Bom!

Sou Pastor a mais de 25 anos,  e nesse tempo, aprendi muito sobre “pessoas” e os seus comportamentos! Confesso que não sei tudo, mas algumas coisas eu aprendi!

Por exemplo, numa Igreja tem pessoas com diversas qualidades… Umas acrescentam enquanto que outros só ocupam lugar!

O que você acha da analise que eu faço, das pessoas que ocupam os bancos de nossos templos???

  1. Espirituais: são aqueles que carregam o grande peso espiritual da Igreja. São os que oram, jejuam, visitam, não faltam cultos, ajudam no altar, dão atenção aos novos convertidos! Esses são os Espirituais!
  2. Cooperadores financeiros: são aqueles que sempre cooperam nos projetos materiais da Igreja. São dizimistas, ofertantes, são doadores de roupas e alimentos aos mais necessitados… No que se refere a questão material da Igreja, eles sempre dão o seu melhor!
  3. Promotores: são aqueles que sempre trazem visitantes, sempre fazem propaganda da Igreja, tem desenvoltura no meio da sociedade e usam isso para promover a Igreja! É bom ter eles na Igreja, pois eles sempre tem ideias boas, projetos bons para propagar a obra do Senhor!
  4. Frequentadores: são aqueles que não perdem nenhum culto. Sempre no seu lugar, na hora certa… nunca faltam cultos! Esses sempre ajudam na contagem dos presentes, pois eles nunca faltam nenhuma atividade!

Eu poderia acrescentar nessa lista outros tipos de “crentes”, mas vou me resumir a esses 4 tipos!

Note bem… todos esses são bons e importantes, QUANDO USADOS SIMULTANEAMENTE! Nenhum deles SOZINHOS é bom! Nenhuma dessas qualidades, de forma individual é bom para a obra de Deus!

Por exemplo: uma pessoa espiritual, que não coopera com a parte financeira, não é um membro indispensável! Tem gente na Igreja que não falta nenhum culto… mas é como aquela vinha da parábola de Jesus, que não produzia nada! Gente que vem, não perde culto… Mas não ora, não coopera, não dizima, não traz visitantes – ESSE TIPO DE GENTE, É UM PESO MORTO NA IGREJA! Esse é o crente Suga-suga!

Também não queremos gente que tem o bolso aberto para a obra de Deus, mas é carnal, materialista, infiel e assim por diante!

O “crente” bom, é aquele que não falta culto, é espiritual, coopera financeiramente com a obra de Deus, traz visitantes, e NÃO DÁ PROBLEMA! E esse tipo, é raro encontrar!

Quantas qualidades você tem??? Espero que seja mais do que apenas uma delas, porque nesse caso, quanto mais – melhor!

Robert Cleveland Lambeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário