Páginas

quinta-feira, 20 de março de 2014

Peças insubstituíveis!

Nos últimos dias, tendo participado de alguns funerais, visitas a pacientes terminais (em hospitais) e etc.… tenho notado a tristeza extrema dos familiares em ver a dor de seus amados! Litros e litros de lagrimas… parentes e amigos sofrendo com a perda e separação.

Isso acontece, porque tem “peças em nossa vida” que são insubstituíveis! Depois de perder… o vazio fica para sempre!

Por exemplo, um Pai! Quem pode substituir um Pai? Por mais que temos pessoas queridas em nossa vida, ninguém vai tomar o lugar do nosso Pai!

Eu poderia enumerar diversas pessoas, que no meu ver fazem parte dessa lista de pessoas insubstituíveis: uma mãe, um filho, marido, esposa, netos e etc…

Meu barbeiro, perdeu seu neto querido com apenas 2 anos de idade, de forma trágica, semana passada! É difícil explicar a dor dessa perda… isso porque, ninguém nunca vai substitui-lo! Sim, ele pode ter outros netos (e ele tem), mas nenhum é igual e isso torna todos especiais e sem reposição! Isso tudo é triste e verdadeiro!

Ao analisar a nossa vida espiritual, deveríamos de ter esse mesmo sentimento de amor e apegação, as coisas espirituais!

Por exemplo, nossa Igreja! Ela é como uma mãe para nós… Se ela morrer, quem vai substitui-la! Aliás, se formos realmente ver, deveríamos de ter uma inveja santa de nossa mãe espiritual! Ninguém deveria de falar mal dela perto de nós… Deveríamos defende-la, honra-la e ama-la, pois ela é insubstituível! A Igreja não é um acessório na nossa vida… ela é a alma do nosso viver!

Nosso Pastor é a mesma coisa! Se você tem um homem de Deus, que ama a Deus, é fiel, cuida da ovelhas, investe o seu tempo em Jejum e Oração… Ele deveria de fazer parte integral de sua vida! Ele deveria de ser como um membro de sua família! Amado, respeitado, honrado, lembrado e reverenciado! pois se ele “morrer”, quem vai substitui-lo???

Robert Cleveland Lambeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário