Páginas

segunda-feira, 31 de março de 2014

Lavar faz bem!

Lavar faz bem…

  • Lavar o carro…
  • Lavar a casa…
  • Lavar o quintal…
  • Lavar a roupa…
  • Lavar a calçada…

Afinal, quem não quer ver tudo limpo e organizado em sua volta??? 

O problema da sujeira, é que ela tem a tendência de acumular… Algo que não é limpado e lavado, só tende a ficar mais sujo! Sujeira é agressiva e progressiva!

É como a caixa de gordura, debaixo da pia na cozinha! De época em época, alguém tem que colocar luvas, e meter a mão na “graxa”… Senão fizer isso, tudo acaba entupindo… pois coisas assim acumulam!

Na verdade, o que eu quero dizer, nada tem a ver como pó, sujeira… nem lavar carros ou quintais – isso foi uma metáfora!

Meu objetivo, é falar um pouco sobre a nossa alma, nosso coração e nossa mente!

É fácil acontecer conosco, o mesmo que acontece com a caixa de gordura! Se não cuidarmos, o nosso coração, facilmente começa a cumular certas coisas!

Por exemplo…

Uma ferida mal curada, um desentendimento, uma rixa, uma ofensa… Tudo isso gera sentimentos - Como…

  • Ódio
  • Rancor
  • Raiva
  • Inveja
  • Ciúmes
  • E assim por diante!

Nossa alma, também precisa ser lavada! De época em época, temos que fazer um “descarrego” de sentimentos! Temos que orar a Deus ATÉ QUE O ESPIRITO SANTO, COMEÇA A TIRAR ESSES SENTIMENTOS RUINS!

Eu sei que para muitos, isso que estou falando pode parecer genérico! Mas não é!!! É incrível, o numero de pessoas em nossa volta, que sofrem de problemas mentais e espirituais, fruto de questões mal resolvidas – e que acabaram acumulando no coração deles!

Eu falo para mim hoje… eu estou buscando a Deus, no sentido de me purificar mais e mais! Me purificar de todos os sentimentos ilegais, imorais ou irreverentes! Quero me sentir leve… quero ser feliz! Quero puder olhar todo mundo e sorrir… quero ter comunhão com Deus!

Pense nisso.

Robert Cleveland Lambeth

*** Tenha certeza de uma coisa, gente que vive com a “cara” fechada, mal humorada e etc, tem questões, mal resolvidas em sua vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário