Páginas

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Joio VS Fermento

Ao ler a palavra de Deus, notamos dois tipos de má conduta dentro de uma Igreja. Essas duas características espirituais, foram tratadas especificamente pelo Senhor Jesus! Gostaria de compartilhar elas com você:

Joio

Essa realidade espiritual, nós lemos em Mateus 13:24-30 Se você ler com cuidado essa parábola, notarás de que Jesus apresenta essa história com calma e naturalidade. É como se fosse normal haver Joio dentro de uma Igreja. Inclusive, no conto de Jesus, alguém ao ver que havia “Joio no meio do Trigo”, sugeriu que ele fosse e arrancasse todo o Joio e jogasse fora.

Jesus disse: não mexe com o Joio! Deixa o Joio lá… Afinal de contas, o Joio não faz mal – e se mexer com o Joio, pode haver prejuízo até com o Trigo.

Toda a Igreja tem Joio… Joio é muito parecido com o Trigo na sua aparência… A diferença, é que o Joio nada produz, aliás, o Joio na verdade só ocupa espaço.

Joio não ora, não coopera, não contribui, não acrescenta – ele só ocupa lugar!

e uma das razões pela qual Jesus proibi o Joio de ser tirado, é que o Joio não faz mal para ninguém! O JOIO É JOIO!

ENQUANTO ELE MANTER AS CARACTERÍSTICAS DE JOIO ELE É INOFENSIVO!

É o velho ditado: não fede e não cheira!

FERMENTO

O fermento já é diferente! A parábola do Fermento, nós encontramos em Mateus 13:33É uma das parábolas mais curtas que Jesus proferiu… Mas ele em poucas palavras, apresenta o perigo e a grandeza desse mal! Ele diz: UM POUCO DE FERMENTO, AFETA TODA A MASSA.

Jesus fala muito sobre o fermento…

  • Lucas 12:1, Jesus denuncia o Fermento dos Fariseus…
  • Mateus 16:6 – Mais uma vez, Jesus compara o espirito dos Fariseus e Saduceus, com o fermento… e ele completa dizendo: ACAUTELAI-VOS! Cuidado com eles… Esse espirito pega. Em Marcos 8:15 (mesma história), Jesus diz: acautelai-vos do fermento dos fariseus e de Herodes…

Note mais alguns detalhes… Jesus disse na Parábola do Fermento de Mateus 13:3 e Lucas 13:21:

  • A mulher escondeu o fermento na massa – isso nos leva a crer de que o fermento não era para estar lá (foi escondido ou enxertado)!
  • Outra coisa que notamos, é que a quantidade da farinha era bem maior do que a quantidade do Fermento – 3 medidas de farinha e UM pouco de fermento – o que aconteceu? TODA A FARINHA FOI AFETADA! Fermento, é algo forte! Mesmo as vezes eles sendo a minoria… ele se torna grande e afeta a muitos!

Mas não foi só Jesus que falou sobre o Fermento…

1Co 5:6  Não sabeis que um pouco de fermento leveda a massa toda? Expurgai o fermento velho, para que sejais massa nova, assim como sois sem fermento.

Paulo também trata do caso do Fermento! Ele repete as palavras de Jesus (sobre o efeito do Fermento – leveda toda a massa) e ainda complete dizendo: EXPURGAI ou expulsai -  tirai o fermento de vosso meio!

Quem é o fermento? É aquela turma que fuxica, critica, influencia negativamente, borbulha problema, reuni-se secretamente com pessoas para criar sentimento negativos contra a Igreja e seus lideres

  • É gente que não faz e critica o que faz!
  • É gente que não faz, e não deixa os outros fazerem!
  • É gente que não ora (por exemplo) e critica a oração…
  • É gente que não concorda com santidade (por exemplo) e passa esse sentimento para os outros… ESSE É O FERMENTO!

Você notou a diferença entre o Joio e o Fermento? Os dois são ruins e danosos… a diferença, é que o Joio só faz mal e si mesmo (e é um pena)… o Fermento, já faz mal ao todo!!!

Se você leu I Coríntios 5, quando Paulo fala sobre o Fermento, ele está lidando com o Pecado horrível na Igreja de Corinto. Naquela Igreja, havia até incesto. Nesse caso, Paulo disse: esse pecado e pecador, tem que ser expulso! Isso não pode ficar na Igreja, pois vai afetar todo o corpo!

  • O pecador que quando peca só fere a si mesmo, merece oração e apoio.
  • Pecador que quando peca, polui a Igreja toda… ESSE TEM QUE SER TRATADO COM SEVERIDADE!

O Joio é tolerado… o Fermento, tem que ser EXPULSO!

Robert Cleveland Lambeth

Um comentário:

  1. Ótima palavra... que o Senhor Jesus me guarde pra não ser o fermento e nem ter comunhão com ele e que também eu não seja joio, mas um servo de Deus lutando para ir para o céu...

    ResponderExcluir