Páginas

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Lança teu Pão sobre as águas!

Natal para Cristo III Lança o teu pão!

A paz do Senhor povo de Deus.
Apenas um pequeno momento de inspiração.

Eclesiastes 11:1. Lança o  teu pão sobre as águas, porque, depois de muitos dias o acharás.

Palavra intrigante não acha? Eu também acho.  vamos analisar o porque: 

Água e pão não combinam. O que acontece quando lançamos pão na agua? imediatamente começa o processo de degeneração.  o pão começa a se desmanchar. É ai que eu fico intrigado.  Porque lançar um pão na água sabendo que em poucas horas ele não vai mais existir?  Em poucas horas ele não vai mais estar ali?  Vale a pena lançar O MEU PÃO NA ÁGUA?

Depende muito da ÓTICA. O pão é meu, a bíblia diz, lança O TEU PÃO.  Quer dizer eu tenho de certa forma poder sobre o meu pão. Mas tudo muda quando eu lanço ele nas águas.  Repito. O pão é meu, mas as águas não são minhas. O poder não está no pão, está nas águas, a promessa diz que eu vou acha-lo ainda depois de muitos dias, se eu lançar ele.  Em outras palavras, se eu reter ele, nas minhas mãos ele vai embolorar, envelhecer, estragar. É nas águas que eu vou ver o meu milagre, o milagre está nas águas, não no pão.

Para entendermos melhor, vamos ir até a multiplicação dos pães, pergunto então: O milagre estava nos pães e peixes? Ou nas mãos de Jesus?  Estava nas mãos de Jesus.  Quando eu quero ver o milagre, tenho que levar meu pão as águas, preciso levar ele até Jesus, a multiplicação só vai ocorrer porque nestas águas tem renovo, tem unção, tem poder de regeneração, tem abundancia, tem cura, tem fé, tem restauração, tem prosperidade, nestas águas, tem tudo o que eu preciso.  O poder não está no pão, no meu pão, está nas águas, não está na sacolinha do menino que levou seus cincos pães e dois peixinhos, está nas mãos de Jesus.

O meu natal para Cristo simboliza o meu pão.  Se eu rete-lo, não verei o milagre, mas se eu atira-lo sobre as Águas, Deus é fiel, ele vai me retribuir.  E será em uma hora que muitas vezes nem esperamos, quer dizer, estaremos um dia destes, andando na "beira" deste rio e lá estará ele, o nosso pão, aquele que lançamos dias atrás nas águas. 

Vamos ver o final da escritura? Eclesiastes 11:2 Reparte com sete, e ainda até com oito... Eu terei suficiente, depois, não antes, de repartir as bênçãos de Deus com sete, com oito, e porque não dizer com mais e mais, porque Deus é um Deus rico e abundante. Tudo começa sabe onde? Em mim, no meu pedaço, no meu pão, as águas, sempre estarão ali, a esperar. Quer milagres? Vitoria? Lança o teu pão sobre as Águas. Lança o teu Natal para Cristo sobre Jesus, e depois de muitos dias ainda vai recolher os teus cestos cheios!!!

Deus te abençoe!!!

Pastor Gessé Guimarães

Nenhum comentário:

Postar um comentário