Páginas

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Lições da Vida–Ponderações finais…

Eu poderia continuar ainda por muitos dias, postando coisas que eu tenho aprendido no decorrer do meu Ministério. Mas não quero entediar meus leitores!!! Então hoje, dou-lhes algumas perolas e pensamentos finais de coisas que tenho notado no passar do tempo:

  • É tão difícil segurar uma alma, quanto ganha-la
  • A qualidade do templo, limpeza, organização e etc… sempre refletem a vida espiritual do Pastor.
  • Uma lei sagrada de vitória financeira é o Dizimo!
  • Nem todo mundo que cai no chão, babando, rolando e gritando está endemoniado… Tem muito sem vergonha que faz isso para atrair atenção para si mesmo!
  • Só Deus pode libertar um viciado em drogas… Acho que a Igreja ainda não percebeu, o quão forte são as amarras do “Crack e Cocaína”.
  • O verdadeiro núcleo de uma Igreja, é aquele grupo de vem com fidelidade nos cultos de estudo bíblico – meio da semana!
  • Enquanto o pior tipo de pessoa é o orgulhoso… o mais virtuoso é o humilde!
  • QUALQUER CASAMENTO dá certo, quando os dois integrante querem… Mas não tem “santo” que mantenha unido um casal, aonde um dos membros não quer ficar junto!
  • Quem REALMENTE tem “chamado Ministerial”, não espera oportunidade… ELE cria oportunidade!

Eu poderia escrever ainda muitas postagens sobre esse tema… A Vida nos ensina MUITA coisa… é pena que quase nunca realmente “aprendemos” o que ela nos impõe!

Deus abençoe a cada um de vós! Amo e oro pelos meus leitores! É bom poder contar com sua visita semanal ao meu blog!

Robert Cleveland Lambeth

***************************************************************

Essa foto foi me enviado pela irmã Nara Lambeth… Essa foto foi tirada (essa semana) em Caxias do Sul, perto de onde temos uma Igreja Apostólica!!!

Neve em Caxias do Sul

***************************************************************************

Apenas um pensamento…

“O diabo nos conhece pelo nome… Mas prefere nos chamar pelos nossos “pecados”

Deus conhece nossos pecados, mas ele nos chama pelo nome!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário