Páginas

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Fui assaltado…

É, fui assaltado! Não posso precisar quem foi o criminoso e nem quando exatamente, iniciou-se esse roubo… Mas fui roubado e me levaram MUITA coisa!

A primeira coisa que me roubaram foi o tempo! Antigamente, meus dias tinham 24 horas… Hoje, meu tempo é bem mais resumido! Esse ladrão é tão sagaz, que ele me levou esse “bem” (o tempo) e nem deixou vestígios, pois quando olho no relógio as 24 horas continuam ali! “Contudo, eu sei que ele me roubou, pois hoje não consigo fazer nem a metade do que já fiz em tempos passados”.

Consequentemente…

Ele me levou também a saúde! Veja bem, quando ele me roubou o tempo, tive que correr mais, trabalhar mais, me estressar mais… Com isso, de tabela, ele me roubou minha saúde! Antigamente eu era forte, não me cansava, não me abatia com tanta facilidade! Hoje, luto todos os dias, para me manter em pé! Esse ladrão é safado!

Consequentemente…

Ele me levou também a alegria! Veja bem, quando ele me roubou o tempo e de tabela minha saúde, acabei ficando mais amolado! Eu era tão feliz antigamente! Tudo me emocionava e eu ria com tanta facilidade! Hoje, minha vida é tão corrida, que nem dá mais para aproveitar as delicias do dia a dia!

Hoje me sinto frustrado em algumas áreas da vida. Esse ladrão sem eu ver, de mansinho, entrou e foi levando… Como ele é lento e paciente, para ser sincero eu nem notei a presença dele! Mas hoje sinto o efeito de suas mãos e de seus feitos!

Hoje ao olhar tudo que perdi, dou graças a Deus que ele não levou o meu bem maior! Sim, ele levou muita coisa boa… Mas ele não conseguiu levar a minha FÉ! Apesar de tudo, ainda estou aqui! E com a FÈ que me sobrou, tenho a esperança diária de que Deus vai me ajudar… e eu vou vencer!

E sobre o ladrão… confesso que não sei quem ele é… não sei aonde ele mora, nem como ele se chama! Eu pessoalmente chamo ele de “A VIDA”!

Robert Cleveland Lambeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário