Páginas

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

O lado nocivo da informação!

Estou aqui sentado, olhando os 32 volumes da Enciclopédia Barsa e Britânica. Me lembro até hoje, do vendedor que foi na casa de meu Pai (uns 25 anos atrás) oferecendo esses livros, como sendo o “filé” do mundo científico/cultural.

Naquela época foi caríssimo para o meu pai comprar… Ele fez em 30 vezes (se lembro bem)… Hoje, olho todos esses volumes e vejo que eles servem apenas para enfeitar minha estante!

Semana passada, baixei um aplicativo do Barsa em meu celular, com todos os volumes, por menos de R$ 15,00!!! Como as coisas mudam…

Mas o foco da minha escrita hoje é outro…

Fico a pensar como foi difícil, para essa empresa pioneira na impressão de enciclopédias, juntar todas essas informações e colocar no “papel” (isso a quase 100 anos atrás). Hoje na modernidade, não entendemos isso! Para nós é mais fácil Google-ar, alguma coisa do que literalmente pesquisar e descobri informações novas!

Em minha mesa, tenho uma Bíblia Thompson, e fico a pensar… quantas vezes será que o Sr. Frank Charles Thompson, teve que ler a bíblia, anotar todas as referencias, juntar todas as informações, para depois compilar tudo, e imprimir essa popular Bíblia que quase todo mundo tem! Muitos não dão valor ao trabalho que foi empregado na formulação desse material!

A informática (ou a facilidade da informação) estragou o nosso senso empreendedor e pesquisador! Hoje, o ser humano é mais inteligente, por ter mais informações disponíveis… Mas ele é mais burro, por não saber pesquisar, inovar e aprender (se é que dá para entender).

Temos o Google, os aplicativos no celular que fazem quase tudo, as Bíblias de Referências (que em partes estragou os estudiosos da Bíblia)… tudo é mais fácil! Mas o mais fácil, estragou aquele nosso lado de leitor, pesquisador e aprendiz…

Robert Cleveland Lambeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário