Páginas

quarta-feira, 18 de julho de 2012

A palavra mágica!

A história do filho prodigo é muito conhecida! Ele sai da casa do Pai (voluntariamente), leva sua herança, gasta tudo o que tem com os prazeres do mundo, perde tudo, acaba num chiqueiro de porcos… e decide voltar para casa (um ciclo – ele acaba, justamente aonde começou).

Usamos essa parábola, para incentivar as pessoas que “saíram” da casa do Pai… a voltar!

Mas na verdade, querendo ou não, há um portão… que separa os de “dentro dos de fora” (da casa)! Eu sei, que a história diz que o Pai, esperava o filho com “ansiedade e alegria”… MAS AINDA, HÁ UM PORTÃO DE SEPARAÇÃO!

O filho só pode entrar depois de dizer as palavras mágicas:PAI, PEQUEI CONTRA OS CÉUS E CONTRA O SENHOR… NÃO MEREÇO SER CHAMADO DE FILHO, MAS DEIXE EU SER PELO MENOS O JORNALEIRO DA CASA! “

A atitude do moço, e as palavras do jovem, é que permitiram ele entrar novamente no convívio da família!

É por isso, que o Pai não foi atrás dele… Porque, ninguém forçado a voltar, volta com a atitude certa!

A porta da “casa do Pai” sempre vai estar fechada para o orgulhoso, arrogante e debochado! Ainda, o arrependimento e a humildade são as chaves que abrem as portas do reino de Deus para o homens!

Robert Cleveland Lambeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário