Páginas

quarta-feira, 21 de março de 2012

Confiança II– A vida do Homem de Deus!

Devido a repercussão de minha ultima postagem, decidi ir avante um pouco mais nesse assunto!!!

Jr.14. 13Então, disse eu: Ah! Senhor Deus, eis que os profetas lhes dizem: Não vereis espada, nem tereis fome; mas vos darei verdadeira paz neste lugar. 14Disse-me o Senhor: Os profetas profetizam mentiras em meu nome, nunca os enviei, nem lhes dei ordem, nem lhes falei; visão falsa, adivinhação, vaidade e o engano do seu íntimo são o que eles vos profetizam. 15Portanto, assim diz o Senhor acerca dos profetas que, profetizando em meu nome, sem que eu os tenha mandado, dizem que nem espada, nem fome haverá nesta terra: À espada e à fome serão consumidos esses profetas.

Vemos nessas escrituras a importância e o peso da palavra do Homem de Deus! Eu sei que o teor dessas escrituras é ligado com a questão espiritual… Ou seja, cuidado para que quando disseres FOI DEUS QUE FALOU… que realmente foi Deus quem te mandou dizer!

Por outro lado, nossas palavras no dia a dia, são igualmente importantes! Não é só atrás do “púlpito” que devemos ser coerentes e corretos no que falamos! QUE O NOSSO SIM SEJA SIM… E O NOSSO NÃO SEJA NÃO!

Estou cansado de ver gente sacana, mentiroso, malandro… Gente assim, não tem lugar na obra de Deus! Aliás, Deus abomina isso! Deus tem nojo de gente assim, PRINCIPALMENTE DA PARTE DOS LIDERES DA IGREJA!

 Estou cansado de ver “Pastores” querendo a confiança e o respeito do povo, mas agindo como crianças, sem coerência e sem caráter Cristão!

SER HOMEM DE DEUS, EXIGE MAIS DO QUE UMA BOA PALAVRA ou PREGAR BEM… aliás, o mundo está cheio de bons “oradores” e gente que sabe discursar bem… Destes, tem até aqueles que falam em línguas enroladas… Mas isso não os faz HOMEM DE DEUS!

HOMEM DE DEUS TEM QUE SER HOMEM DE DEUS, TODO DIA, TODA HORA…

ATENÇÃO AOS PASTORES OU OBREIROS MENTIROSOS E MALANDROS…

Jr.6. 13porque desde o menor deles até ao maior, cada um se dá à ganância, e tanto o profeta como o sacerdote usam de falsidade. 14Curam superficialmente a ferida do meu povo, dizendo: Paz, paz; quando não há paz. 15Serão envergonhados, porque cometem abominação sem sentir por isso vergonha; nem sabem que coisa é envergonhar-se. Portanto, cairão com os que caem; quando eu os castigar, tropeçarão, diz o Senhor.

Robert Cleveland Lambeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário