Páginas

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Umas e Outras sobre o Jejum Coletivo do Povo de Deus!

Hoje em meu momento de devoção e reflexão matinal, veio sobre mim uma preocupação com relação a importância de se fazer um bom planejamento e uma boa preparação para o grande Jejum coletivo!

Veja bem, para o Jejum surtir o efeito positivo desejado, o “corpo” precisa estar preparado, a “mente” precisa estar ciente do que está acontecendo (e o porque está acontecendo) e o seu “espirito” tem que estar pronto para receber o que Deus lhe entregará em suas mãos!

Eu sei que escrevi sobre isso antes, mas volto a bater nessa tecla: A PREPARAÇÃO PARA O JEJUM É TÃO IMPORTANTE QUANDO O JEJUM EM SI! Perguntas como:

  • Qual Jejum eu vou fazer?
  • Porque vou jejuar?
  • Quais meus objetivos?

Se essas perguntas não forem previamente respondidas, logo você ficará frustrado e sem motivação a continuar!

Avise sua família, seus amigos… diga a eles todos, que do dia 05 a 12 de fevereiro você vai estar se consagrando a Deus! Alguém pode pensar que isso seria arrogante ou um espirito hipócrita… eu já vejo como uma atitude saudável, que criará naqueles em sua volta, um respeito pelo seu silencio, suas horas afastadas dos demais e etc.!

Lembre-se, o preparar é tão importante quando o fazer!

_____________________________________________

Enviado pelo irmão Leandro Gomes

Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; 
1 Pedro 5:8

Não é atoa que a palavra de Deus compara o diabo com o leão. Veja abaixo como podemos comparar as táticas do diabo com as táticas de um leão caçando.

Eles vivem em seu próprio território e não costumam perseguir as manadas migratórias. Ao contrário, caçam numa área específica. Quando um rebanho se aproxima de seu território, espreitam de longe. Os leões  conhecem a direção do vento e sabem se colocar numa posição contrária, para que a presa não perceba sua presença. Muitas vezes, entretanto, não importam se a manada os percebe, tal confiança que têm em si mesmos.

Os leões costumam perseguir uma manada, sem pressa, sem correria, gerando medo nos animais. Ele deseja v-elos em disparada, assombrados. Aos olhos humanos, o recuo da manada é algo normal, mas não para o leão. Ele vê ali o seu almoço. Observa os animais velhos, cansados e feridos da manada. Aquele que está levemente manco, algo imperceptível ao olho humano, é prontamente notado pelo leão. Ele assusta a manada, a fim de destacar o fraco. Depois de escolher a presa, ele deixa todo os outros de lado, para saltar sobre o que foi escolhido.

O diabo caça como leão, se camufla como leão, de modo que as vezes não percebemos que ele esteja tão perto. Sabendo que não pode derrubar uma igreja inteira, ele usa as mesmas táticas de um leão e escolhe aquele crente mais fraco ou ferido da "manada". Talvez pessoas desanimadas, pessoas machucadas ou que estão mancando espiritualmente. São esses que o diabo vai derrubando um por um, esquecendo assim dos outros que estão mais fortes. É tempo de avivamento, mas cuidado com os da "manada" que estão fracos, abatidos...esses que o diabo está de olho, pois para derrubar uma igreja inteira, não tendo forças o bastante para fazer isso de uma vez, o diabo derruba um por um. Ai destes que estão fracos, pois eh uma presa mais fácil para o diabo, e, caindo um, o diabo muitas vezes enfraquece os outros, ficando mais fácil de derrubar o resto.

E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração. 
1 Pedro 4:7

_____________________________________________

Mais Igrejas e grupos estão aderindo ao nosso Jejum Coletivo:

  • AIDB – Paulínia, SP – Pr. Anísio
  • AIDB Curitiba, PR – Pr. Gerson Alvear (também os Jovens dessa Igreja na pessoa da irmã Fernanda L.)
  • Igreja Jesus é Deus – SC
  • Assembleia dos Santos – MT
  • Irmã Simone Schaussard – Londres, Inglaterra

Alguns desses irmãos e grupos eu nem conheço, mas fico feliz que a “febre” está pegando! Se quiser me informar sobre a sua participação e suas experiências… Me escreva: clambeth@terra.com.br 

Nenhum comentário:

Postar um comentário