Páginas

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O perigo do Espirito “leviano”

Dan 5:1  O rei Belsazar deu um grande banquete a mil dos seus grandes, e bebeu vinho na presença dos mil.
Dan 5:2  Havendo Belsazar provado o vinho, mandou trazer os vasos de ouro e de prata que Nabucodonozor, seu pai, tinha tirado do templo que estava em Jerusalém, para que bebessem por eles o rei, e os seus grandes, as suas mulheres e concubinas.
Dan 5:3  Então trouxeram os vasos de ouro que foram tirados do templo da casa de Deus, que estava em Jerusalém, e beberam por eles o rei, os seus grandes, as suas mulheres e concubinas.
Dan 5:4  Beberam vinho, e deram louvores aos deuses de ouro, e de prata, de bronze, de ferro, de madeira, e de pedra.
Dan 5:5  Na mesma hora apareceram uns dedos de mão de homem, e escreviam, defronte do castiçal, na caiadura da parede do palácio real; e o rei via a parte da mão que estava escrevendo.
Dan 5:6  Mudou-se, então, o semblante do rei, e os seus pensamentos o perturbaram; as juntas dos seus lombos se relaxaram, e os seus joelhos batiam um no outro.

O fim da vida e da carreira imperial de Balsazar se deu numa festa! Após beber o vinho e ficar com o Espirito alegre… ele passou a fazer besteiras, como mexer com coisas que não deveria!

Essa é a minha única preocupação com relação a essa época de final de ano! Entendendo a necessidade de estar com familiares, amigos e etc., acabamos relaxando em nossa programação espiritual, e isso abre uma porta perigosa!

Por exemplo, aqui em  Campinas, cancelamos o culto de domingo passado (afinal de contas era Natal)… Isso quer dizer que alguns estão sem cultos a mais de uma semana. Soma-se a isso, o espirito de festa, churrascos, brincadeiras e etc…  e há a possibilidade de ser criar um problema!

ESPIRITOS LEVIANOS, fazem loucuras! Muita festa, pode ser ruim para a vida espiritual de uma pessoa! De repente num momento de “alegria e leviandade”, PUM – cria-se um problema… faz-se algo estúpido!

DEPOIS FICA AQUELA PERGUNTA: porque eu fiz isso? porque falei isso? porque fui lá?  

ENTÃO O MEU CONSELHO NESSE FINAL DE ANO É… CUIDE-SE! Festas são boas e importantes! Estar com familiares e amigos também… Mas não baixe a guarda! Não vá num momento de alegria, destruir tudo que você lutou para conquistar até aqui, e terminar o ano na derrota!

Robert Cleveland Lambeth – Alertando os desatentos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário