Páginas

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Pastor–Vida Dupla

Essa pequena charge pode ser interpretada de duas maneiras:

PRIMEIRA:

  • O Pastor é um falso
  • Ele prega uma coisa e vive outra
  • A aparencia dele engana
  • E assim por diante…

E realmente, deve haver certos “pastores” por ai que são falsos, não vivem o que pregam, tem mais interesse nas coisas materiais dos que as espirituais… Mas na verdade, esses tais não são realmente Pastores… eles estão mais para enganadores!

SEGUNDA:

  • Além de tudo o Pastor é um ser humano
  • O Pastor não é perfeito
  • O Pastor conhece suas limitações

Esse é o meu tipo de Pastor! Além de ser um homem de Deus, escolhido e chamadoele não deixa de ser humano, com falhas e fraquezas, medos, anseios, duvidas como qualquer outra pessoa! Você que é membro de uma Igreja, e tens um Pastor honesto e sincero liderando a tua vida… não esqueça, o teu Pastor ainda é um ser humano! Sim, no pulpito ele é forte, prega duro, até parece invencivel…  (e no pulpito o Pastor escolhido por Deus é tudo isso - ungido, forte, invencivel)… Mas depois de estar na unção, ele volta a ser humano novamente, como qualquer outro!

Alguém disse que Pastor tem vida dupla! E no bom sentido ele tem… Na Igreja ele tem que agir com virtude, alegria, bom humor e sabedoria… Mas isso nem sempre é a realidade dele no dia a dia!

Vamos honrar mais os homens sinceros que Deus tem colocado em nossas vidas! E não esqueça, por trás daquele terno e gravata e palavras bonitas, muitas vezes tem um corpo doente, fragil e necessitado de amor e carinho!

Robert Cleveland Lambeth – Apenas expondo alguns de meus pensamentos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário