Páginas

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

PATRÃO OU MORDOMO?

Por Pr. Paulo Jacob – Lagoa Vermelha, RS

Um pensamento que sobreveio em minha mente: Dentro do plano de Deus, nós como pastores, somos mordomos de Deus, ou seja, prestamos serviços a Ele, serviços estes aos quais não temos direito de escolhas, como Ele mesmo disse: _ As aves dos céus têm seus ninhos e as raposas da terra seus covis, mas, o filho do homem não têm onde reclinar sua cabeça e quem quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me, ainda deixou dito que quem não deixar pai, mãe, irmão, irmã por amor de mim, não é digno de mim...

Trabalhamos ou na verdade administramos, como mordomos, algo que não nos pertence, algo muito valioso, que o ouro e a prata do mundo inteiro não poderia pagar algo que por algum descuido ou desleixo de nossa parte, como mordomos, falharmos, ficamos em maus lençóis, pois se todo o ouro do mundo e toda a prata não poderia pagar tamanho estrago, como ficamos nós, se na administração de mordomo, falharmos??? Como reaver os reparos? Consertar? Redimir? Como ressarcir? Devemos ter em mente e estar em nossos corações que o Senhor Jesus Cristo comprou as almas com seu PURO SANGUE INOCENTE e nos entregou para sermos seus mordomos, numa total confiança de que cuidaríamos destas almas tão bem, quanto Ele!! Será que não estamos decepcionando nosso Patrão? Será que não estamos olhando mais para o lado físico do trabalho, do que o lado espiritual? Como estamos cuidando do Seu patrimônio maior que são as SUAS OVELHAS? Não estamos nos esquecendo de que é Ele o dono e somos somente seus MORDOMOS?

Infelizmente estamos vivendo em dias em que alguns mordomos se preocupam mais com os status, mais querem a Lã das ovelhas do que as apascentarem, dias de materialismo ao quais muitos pastores, que deveriam ser apenas mordomos e se acham “donos do campinho”, fazem o querem e o que bem entendem com suas ovelhas, não lhes tratando com o mesmo AMOR como o Dono delas os tratou (ou trata).

Sei que temos vários tipos de ovelhas no rebanho e até mesmo cabritos e porque não dizer lobos com “capas de ovelhas”, mas, a pergunta é:_ como estamos desenvolvendo a mordomia de Deus? Estamos sendo verdadeiros pastores, colocando os lobos a correr, apartando os cabritos das ovelhas ou estamos fazendo vistas grossas e dormindo em baixo das árvores? como se nada estivesse acontecendo e pior ainda, têm pastores que estão vendo seu rebanho se definhar, perdendo ovelhas do aprisco, estas estão pelos penhascos desta vida, precisando que seu pastor vá atrás, para salvá-las, mas o que vimos é o orgulho, a preguiça, o comodismo, desculpas esfarrapadas na vida destes pastores, que a meu ver nunca foram pastores, mas sim, verdadeiros mercenários, parece pesado, mas é a pura verdade, MERCENÁRIOS, esta é a palavra, mercenário é bem diferente de MORDOMO, se o próprio Senhor Jesus Cristo, sendo Deus e DONO DA SEARA, veio ao mundo para SERVIR, como nós, simples mordomos, queremos ser SERVIDO? Não somos o DONO, somos os MORDOMOS, temos a tarefa é de servir e se algum pastor não quer viver para servir é melhor largar o serviço de mordomo, pois o pastor como mordomo de Deus, dorme no campo, coloca as ovelhas para pastarem, dá de beber água às ovelhas, as buscas nas montanhas, espanta os lobos, mata os leões e os ursos, derrama azeite na ferida e as carrega no colo, pastor de ovelhas tem cheiro de ovelhas no peito e dor na coluna de as carregarem no colo, mordomo é para servir se Ele veio ao mundo para servir e ainda até na eternidade vai nos servir na festa, quem somos nós?

PATRÃO OU MORDOMOS???

Pr. Paulo Jacob (Lagoa Vermelha – RS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário