Páginas

domingo, 2 de janeiro de 2011

Especuladores Espirituais

Alguns anos atrás (e até hoje acontece), vários homens tornaram-se mui ricos, simplesmente especulando o mercado financeiro (crescendo em cima da desgraça alheia). Na crise que tivemos em 2007, muitos mega-empresários, agiam como urubus, sobrevoando o mercado, em busca de uma empresa que tivesse “mal das pernas”. Ao achar a “presa”, eles então faziam uma oferta de compra, num valor bem abaixo do mercado! O empresário quase falido, acabava aceitando a proposta, no pensamento de que era melhor vender e só ganhar a metade (ou até menos que a metade do valor da empresa) do que perder tudo! Ao comentar isso com alguém me disseram: “isso é a vida... o grande comendo o pequeno”! E até pode ser que no mundo corporativo, essa seja a lei que rege as coisas... Mas esse sentimento de especulação, NÃO PODE ENTRAR NO MEIO DO POVO DE DEUS! Será que há no meio dos Cristãos, “Urubus espirituais” só esperando alguém “cair” (ou para tomar o seu lugar ou simplesmente para celebrar a queda de mais um)???? A bíblia nos ensina outro tipo de comportamento. Devemos levar as cargas uns dos outros, devemos orar uns pelos outros, devemos ajudar uns aos outros!!! Torcer pela derrota, é coisa do diabo! Vamos sobrevoar o terreno espiritual, a procura dos desanimados, dos aflitos, dos magoados... não para mapear nossa estratégia pessoal, mas para estender a mão... Para ajudar, para fortalecer!!! Não precisamos de mais “soldados feridos”!!! Vamos ajudar mais uns aos outros em 2011!

Robert Cleveland Lambeth... apenas expondo alguns dos meus pensamentos...

- Se você é membro de uma Igreja, valorize o seu Pastor. Ajude ele, ore por ele, incentive ele, mostre amor por ele... Pastores também tem sentimentos e as vezes eles se ferem (pois são homens e não “super-homens”). Não seja um especular espiritual, apenas esperando momento para ver o homem de Deus da sua vida, cair por terra em desanimo e descrédito! Se o pastor for ferido, as ovelhas se espalharão… Pense nisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário