Páginas

sexta-feira, 26 de março de 2010

Falando da Familia! Parte IV - Mulheres!!!

“E viu Deus que não era bom o homem estar só... e fez-lhe uma adjutora” (alguém que ajuda) Gen 2:18. Não há adjetivo mais nobre a ser dado a uma mulher do que “uma ajudadora” ao homem (no mundo “feminista” de hoje, essas palavras soam como ofensa). Veja bem, no plano de Deus ao ver a fragilidade do homem e ver que ele sozinho não poderia fazer tudo que precisava ser feito... ELE criou a mulher, com dotes, talentos, habilidades e bom gosto, para complementar o homem e ajuda-lo na sua missão (o homem completo, é aquele acompanhado de uma esposa – juntos eles formam uma só carne, perfeita em todos os sentidos). Ah, se as mulheres realmente entendessem o seu papel, o mundo seria um lugar bem melhor! Ser uma ajudadora... não a cabeça, nem o líder... mas alguém colocado por Deus, para “complementar o plano”! As vezes, eu tenho “inveja” das mulheres, pois elas não carregam o fardo da responsabilidade de ser o líder maior (ou pelo menos não é para elas carregar!). O trabalho delas é apoiar, ajudar, incentivar e torcer! Se o projeto não der certo, não é culpa delas (isso se elas estão no seu devido lugar)... se o projeto der certo, elas sempre serão beneficiadas com os resultados desse sucesso! Mais e mais, dentro da família, na sociedade e até na Igreja, eu tenho visto mulheres fora do seu lugar! Lembre-se, o lugar da esposa é ajudar! Ela pode ajudar a manter a paz dentro de casa, ela ajuda a manter a ordem do lar, ela pode ajudar o marido cumprir o chamado dele, ela pode ajudar a Igreja a ser mais espiritual... No meu ver, uma boa esposa pode ser chamada de mediadora. É como se ela fosse colocada no lar para manter tudo fluindo bem. Ela ouve o desabafo do marido, as reclamações dos filhos, ela ora pela família... é como se ela fosse o “óleo do motor” da família! Com ela, tudo anda bem! Eu acho que o exemplo clássico da verdadeira mulher Apostólica, é Abigail esposa de Nabal! Nabal era duro, materialista e incrédulo. O maior tesouro de Nabal era a linda esposa que ele tinha (tão bonita e tão sensível, que depois que Nabal morreu, Davi a tomou por esposa). Um dia, ela viu o erro que o marido dela havia cometido, e ela correu a Davi a fim de mediar e interceder pelo esposo diante do rei (imagine ela prostrada diante do Rei, intercedendo pelo Marido - que esposa ela era)! Ela salvou a “pele” do marido e o marido nem sabia o que ela tinha feito! Quantas mulheres Apostólicas nesse Brasil a fora, tem mantido as suas famílias unidas, e muitas dessas famílias nem sabem a “jóia” que eles têm dentro de casa (muitas famílias ainda estão unidas, por causa das mulheres ajudadoras que Deus levantou nesses lares)! Mulher virtuosa... quem a achará??? Será que é tão difícil achar uma mulher virtuosa? Será que não há mulheres que entendem o seu papel... que não estão a procura de posição e destaque? Que se contentam em serem simples e boas ajudadoras??? Eu creio que SIM... Eu dou graças a Deus por minha esposa, e também por dezenas e milhares de esposas Apostólicas que tem ajudado as nossas famílias serem fortes e abençoadas!!! Não esqueça, “Mulher sábia edifica a sua casa... a tola, com as próprias mãos (ações) a destrói”- Prov. 14:1
Robert C. Lambeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário