Páginas

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Meu escudeiro precisa de ajuda...



Ontem a noite algo trágico aconteceu aqui em nossa Cidade. Depois de um culto fervoroso e abençoado em Hortolandia, onde o Pastor Jefferson Souza, de Uberlandia - MG, pregou uma ótima mensagem, voltando para casa, nosso querido Diacono José Antonio Francisco, e sua família tiveram um problema mecânico no carro, e ele saiu para conferir o que havia acontecido, e um motoqueiro embriagado atropelou nosso irmão e colocou-o imediatamente em coma profunda com vários traumatismos cranianos. A dor do meu coração nessa hora é indescritível! Você teria que conhecer o irmão José para saber o que ele simboliza para mim e a minha Igreja. Irmão José nasceu em Alagoas, e ficou logo órfão de Pai e Mãe. Ele perambulou pelo Brasil, morando de favor, sem nunca ter uma chance na vida. Alguns anos atrás, ele se achegou a nossa Igreja, cheio de vícios e problemas e Deus salvou ele e fez dele um grande obreiro. Ele não tinha cultura, mal sabia ler e escrever... mas ele tinha unção! Ele é um trabalhador braçal, sempre foi, ótimo pedreiro! Inclusive, ele construiu várias de nossas Igrejas: Campo Grande, Monte Mor, Vila Vitória e muitos outros. Ele é o meu amigo! Ele era o meu escudeiro!!! Várias vezes, ele me protegeu, quando a coisa apertava... ele sempre se colocou na brecha em meu favor. Ele me amava e eu amo ele! Ele era o líder de oração da minha Igreja!!! Sempre pontual e disposto, todos os cultos as 19:15hs ele levantava a voz e chamava todos para orar! Ele faz aniversário no mesmo dia que eu... e o maior orgulho dele, era saber que o aniversário dele era junto com o meu! Ele nunca se importou, que nas festas de aniversário eu era homenageado e ele não, pois poucos sabiam dessa coinscidencia. Se eu estava feliz... ele estava feliz! Ele estava tão alegre ontem... ele tinha feito comigo o Jejum de Daniel. Mesmo trabalhando como pedreiro, por 10 dias, ele comeu só banana e água!!! Ontem indo para casa, depois do culto, o plano dele, era me convidar (e ele me convidou) para ir na casa dele, pois ele tinha comprado carne e ele queria quebrar o Jejum comigo!!! Nesse momento, o meu escudeiro está na UTI e o caso dele é grave. Eu estou em casa, esperando para ir ver ele daqui a pouco... ao escrever essa postagem, meus olhos estão cheios de lágrimas... tenho chorado muito. Quero ser forte... mas ele era meu amigo e a dor é muito grande! Ontem, andando na ambulância com ele, tentando manter a boca dele aberta para respirar em meio as convulsões, ele disse a ele: aguenta firme amigo!!! Enquanto as sirenes estavam ligadas, e o motorista indo o mais rápido possível, para tentar entuba-lo antes que fosse tarde, eu gritava: o Sangue de Jesus tem poder!!!! Se você puder, ore comigo pelo meu escudeiro...
Robert Cleveland Lambeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário