Páginas

domingo, 17 de janeiro de 2010

"Falsas Conversões" ou "Conversão por Conveniência"

Alguns anos atrás um falido, esquecido, abandonado e “velho” comediante famoso, viu no povo evangélico um "filé financeiro" que poderia ser explorado com uma suposta conversão. E foi isso que aconteceu... ele virou cantor, pregador e líder religioso. Hoje, a realidade dele é outra! Jesus é passado, os votos e compromissos feitos foram esquecidos, pois milagrosamente ele conseguiu voltar a TV com a “turma do...” fazendo sátiras com duplo sentido, evocando a carnalidade e sensualidade! Tudo pelo dinheiro... Até quando o povo evangélico vai se deixar iludir por essas “falsas conversões”???? Na verdade, quando tais pessoas supostamente se convertem, há no meio evangélico lideres que para inflar o seu ego, divulgam essas noticias como trunfo de grandeza e usam isso para despertar "novas conversões" e etc. É um jogo de interesses muito grande. Atores, cantores e ex-personalidades famosas, vem para o lado dos evangélicos com interesses materiais e os “evangélicos” usam isso como “carta” para atrair novos adeptos (a atriz tal faz parte da minha Igreja... vem pra cá também)! Isso tudo são “casas na areia” e um dia tudo cai por terra! Claro que eu não posso nem quero generalizar... O evangelho de Cristo é poderoso para converter desde reis a peões... Mas convenhamos, há uma onda de “falsas conversões” muito grande, e isso não é bom para o reino de Deus!
Robert Cleveland Lambeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário