Páginas

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O fim do meu jejum!

“E por 7 dias e 7 noites, nenhuma palavra foi dita, pois viram que a sua dor era muito grande”(Jó 2:13). Hoje estou quebrando o meu jejum! Como Jó, fiquei 7 dias em silencio... meditando e analisando os fatos recentes da minha vida. Não posso negar que esses eventos marcaram muito a minha vida! Não vou usar esse espaço para explicar tudo (até porque, algumas coisas não têm explicação), mas vou lhes dizer: sou um homem marcado! Alguém disse que as experiências da vida, criam em nós maturidade, e eu creio nisso... mas eu descobri que também essas experiências deixam cicatrizes. Eis a razão do meu silencio! Eu precisava de um tempo para mim. Até Jesus, se apartou dos seus discípulos, quando soube da morte de João Batista (Mateus 14:13). Na verdade, a morte de minha mãe, foi a cena final de uma longa e desgastante jornada. Não vou me lamentar... mas confesso, tenho cicatrizes! Assim como muitos vão a Espanha percorrer o “caminho de Santiago de Compostela” a procura de si mesmo, eu também tive que percorrer o "meu caminho da reflexão". Não sou exótico, nem bruxo e nem espiritualista, mas acho que todos de época em época, precisam parar... pensar, meditar e se reprogramar! Eu fiz isso! Agora... estou de volta! Não digo que estou completamente “curado”, pois como eu disse, algumas coisas em nós deixam marcas profundas... mas estou de volta (com o que sobrou de mim)!
Robert Cleveland Lambeth
OBS: quero dizer "Muito Obrigado", a todos os meus amigos virtuais, que durante esse meu "Jejum" não me abandonaram... nos ultimos 7 dias, tenho recebido 3 centenas de "hits".

Nenhum comentário:

Postar um comentário